O Boticário começa a ter selo vegano em seus produtos

Make B. e Intense somam 30% do portfólio de maquiagem que já são livres de testes ou sem matéria-prima de origem animal. Novidade ...


Make B. e Intense somam 30% do portfólio de maquiagem que já são livres de testes ou sem matéria-prima de origem animal.

Novidade sustentável que gera impactos positivo para a natureza e os animais. O Boticário vai passar a identificar com um selo os produtos que são veganos. A empresa afirma que não faz testes em animais e que 30% do portfólio de maquiagem não possui ingredientes de origem animal.

“O Boticário já contava com produtos veganos em seu portfólio – o que estamos fazendo é dando mais clareza para a comunicação com o consumidor”, diz Alexandre Bouza, diretor de Marketing do Boticário.

A sinalização será definida pela própria empresa e não possui uma certificadora externa. No entanto, a fabricante de cosméticos afirma que está seguindo padrões de organizações internacionais.
Segundo a companhia, há quase 20 anos, o Grupo Boticário não realiza teste em animais e foi a primeira empresa brasileira a desenvolver a pele 3D e os organs-on-chip para simular as condições de uso em órgãos humanos.

Sobre a possibilidade de aplicar o selo em outras marcas do Grupo Boticário – como Eudora, Quem disse Berenice?, The Beauty Box, Vult e Multi B -, a empresa explica que está buscando soluções com a área de pesquisa e desenvolvimento para aumentar gradativamente o número de produtos veganos.

O caminho para se tornar totalmente vegana segue os mesmos passos. A companhia se compromete a ampliar a oferta, mas não há um prazo estabelecido. “Temos grandes desafios em termos de ingredientes, mas queremos evoluir a cada lançamento. Entre as estratégias, existem estudos do uso de glicerol somente de origem vegetal.”

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

0 comentários